Sites WordPress

Sendo uma das plataformas mais populares para desenvolvimento de websites, o WordPress é também cada vez mais apetecível para ataques de hackers e malwares. Saiba porque é tão importante manter o seu site WordPress atualizado.

 

Em 15 anos, o WordPress conseguiu tornar-se numa das mais populares ferramentas de desenvolvimento de sites. Gratuito e disponível em 68 idiomas, o WordPress foi escolhido para fazer cerca de 31% de todos os sites e blogs disponíveis na Internet.

A popularidade da plataforma deu origem a inúmeros plugins, muitos dos quais gratuitos, que garantem diferentes funcionalidades e até a segurança dos sites desenvolvidos em WordPress. Ainda assim, as mais recentes estatísticas do setor dizem que mais de 70% destes sites são vulneráveis a ataques.

Entre as principais ameaças aos sites, que podem acarretar prejuízos avultados para os seus proprietários, estão os hackers, malwares, bots e ataques de força bruta. O que fazer para proteger o seu site WordPress?

Em primeiro lugar, é fundamental que todos os componentes do seu site estejam atualizados!

As atualizações do próprio WordPress, de temas e plugins nem sempre se resumem a novas funcionalidades. Muitas vezes as novas versões são lançadas precisamente para corrigir bugs ou vulnerabilidades de segurança, pelo que a atualização regular é fundamental.

Deve ainda garantir que nenhum dos componentes do seu site WordPress, sobretudo plugins, foi descontinuado. O uso de plugins obsoletos, que foram abandonados pelo programador, aumenta ainda mais o risco de ver o seu site atacado.

Na ausência de alertas por parte do WordPress para estes casos, terá um bom indício de que o plugin poderá ter sido descontinuado se a data da última atualização tiver mais de um ano. Um plugin descontinuado deve ser substituído por outro com as mesmas funcionalidades e cujo desenvolvimento se mantenha ativo.

 

Aposte na segurança!

Escolha um serviço de alojamento que privilegie a segurança e garanta proteção antivírus, monitorização contínua e backups regulares. Deve ainda ter um certificado de segurança SSL instalado no seu site.

A próxima medida de prevenção é sobejamente conhecida, mas nunca é demais relembrá-la: escolha palavras-passe de acesso fortes para o seu site WordPress! Evite usar o nome de utilizador ou o domínio, sequências numéricas e conjugações de palavras óbvias. Aposte em palavras-passe longas (com um mínimo de oito carateres), com letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos.

Por último, limite os acessos ao seu site ao estritamente necessário. Se a tarefa de um colaborador é apenas editar conteúdo do seu site WordPress não precisa de lhe dar um acesso de administrador. A conta de administrador deve apenas ser acedida por quem efetua tarefas administrativas e intervenções técnicas.

Na CloudByte a segurança está no topo das nossas preocupações e é uma das mais-valias que distingue o nosso serviço de hosting. Acompanhando as necessidades dos nossos clientes, criámos também um serviço especializado de manutenção técnica dedicado a sites WordPress, que garante a performance, a estabilidade e a segurança do seu website.